quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Sonâmbulo

    Tá ae, algo que pouca gente sabe sobre mim, eu sofro de sonambulismo. Bom, um sonâmbulo é capaz de realizar incontáveis atividades motoras. Há várias histórias de gente que acorda fora de casa e coisa assim, bom comigo não há dessas super histórias, mas um fato aconteceu terça, que comecei a pensar que isso pode estar começando a ficar meio foda.
    Como já expliquei, estou morando em toledo. Moro num apartamento com meu primo e um outro cara, que logo vai embora. Eu fui dormir, pois trabalho de manhã e meu primo ficou conversando com uns vizinhos na escada, eu não ouvi, mas pelo que o outro pia contou eles tavam quase gritando. Enfim, ele também foi dormir, e nisso eu liguei abri a porta do quarto, liguei a luz da sala e fiquei olhando brabo. Ele achando, que eu tinha ficado brabo com o barulho dos pias e estava acordado, achou normal, só me questionou zuando e eu falei que não tinha feito isso e não me lembrava.
     Bom, não é a primeira experiência de sonambulismo que tenho, porém nunca tive uma tão incompreensível, ou de me importar com o que acontece a minha volta. Já fui dormir numa cama sem cobertor, acordei na sala com cobertor, essa história até com testemunha. Diversas dormi na sala vendo tv, acordo outro dia na cama, com a tv desligada. Muitas conversas dormindo que tive com o Ricardo, assim como eu conversava com ele, enquanto ele dormia. Tem outra que...
    Eu disse que não havia histórias divertidas ou loucas, mas essa é de certo modo assim. Bom eu fui num aniversário, bebi bastante, mas lembro de chegar até em casa. Me deitei e dormi, de cueca, coberto e com as portas abertas, como sempre durmo. Porém, outro dia acordei pelado, com a porta do banheiro e do quarto trancadas e sem cobertor e não faço idéia do que aconteceu.
    Bom, não me responsabilizo pelos meus sonos.

Um comentário:

olh disse...

"Muitas conversas dormindo que tive com o Ricardo, assim como eu conversava com ele, enquanto ele dormia. Tem outra que..."

Esse "Tem outra que..." logo depois da oração que tem meu nome, e no mesmo parágrafo, me deixou com medo.